• +55 15 3524 9494 contato@nutriceler.com.br

O Senhor é a minha força e o meu cântico, porque ele me salvou. (Sl 118:14)

#Inovacaoetecnologia

Agricultor investe em tecnologia para aumentar produtividade de feijão

Francisco Weiler

Em Ribeirão Grande, região sudoeste do estado de São Paulo, o agricultor Francisco Pimentel Kortwich Weiler iniciou o plantio de feijão nesta primeira quinzena de agosto. Contente com os resultados da colheita de 200 hectares da cultura na última safra, Francisco vai aumentar a área plantada.

“Estou bastante otimista com esta nova safra. Ano passado produzimos em média 55,8 sacas por hectare em área de sequeiro. Este ano vamos plantar 125 hectares em sequeiro e mais 125 em área irrigada. Nossa meta é produzir em média 65 sacas por hectare. Espero que o clima ajude, pois estamos bem preparados em termos de material humano e técnico”, afirma Francisco, cuja família atua há 30 anos na atividade. Após viver por um período no exterior, hoje com 25 anos, há 5 Francisco trabalha na propriedade da família.

Para atingir a produtividade esperada, o agricultor investe em tecnologia. “Em metade desta área estamos substituindo 50% do adubo sólido pelos fertilizantes fluidos da linha Maxifós desenvolvidos pela Nutriceler, aplicados no sulco de plantio”. A tecnologia fornece nitrogênio, fósforo, potássio, enxofre, extrato de algas, substâncias húmicas e aminoácidos.

Segundo Juliano Pires de Melo, administrador da propriedade, “Estes fertilizantes apresentam vantagens como uniformização na distribuição dos fertilizantes no solo e rendimento na operação de plantio, o que deve contribuir para uma melhor produtividade. A janela de plantio é curta, quanto maior o rendimento no plantio melhor. Além, disto, estes fertilizantes da Nutriceler ocupam bem menos espaço para armazenagem, é bem mais prático.”

 

Solo fértil

Para manter boa produtividade, Francisco conta que sempre cuidou da fertilidade do solo. “Desde que começamos com a atividade agrícola utilizamos Rhizobium. Há cerca de 3 anos começamos a aplicar outros produtos biológicos no solo, e devemos seguir nesta linha”. Este ano, o agricultor está aplicando durante o plantio do feijão o fertilizante Fungiceler, desenvolvido com potássio, carbono orgânico, enxofre e aditivos como aminoácidos, extratos de algas e ácidos húmicos de alta qualidade.

Segundo o professor Claudinei Lima, doutor em fertilidade de solos e nutrição de plantas, estes aditivos presente no Fungiceler agregam vantagens aos cultivos. “Fontes eficientes de ácidos húmicos promovem diversos benefícios aos solos, e consequentemente às plantas. Entre eles, podemos destacar: ativação de vários importantes microorganismos que atuam no controle de doenças de solos como Rhizoctonia, Fusarium, Esclerotina, Colletotrichum, e Verticillium; desenvolvimento radicular, aumentando a absorção de nutrientes e água; desenvolvimento de bactérias que exudam fitohormônios promotores de crescimento da planta; desenvolvimento de fungos e bactérias que têm ação sobre os principais nematóides como Meloidogyne, Pratylenchus e heterodera Glycines; desenvolvimento de bactérias que produzem enzimas quebrando as ligações do fósforo com as argilas; e disponibilização do fósforo fixado no solo”, comenta o pesquisador.




Publicado em 31/08/2017