• +55 15 3524 9494 contato@nutriceler.com.br

O Senhor é a minha força e o meu cântico, porque ele me salvou. (Sl 118:14)

#Inovacaoetecnologia

Agricultores aprovam alternativa eficaz e livre de resíduos para maturação de uvas

Fertilizante enriquecido com o aminoácido metionina induz maturação natural de frutas sem deixar resíduos e dispensa o uso de produtos tóxicos e agressivos

Para conquistar melhores preços, produtores de frutas e hortaliças precisam correr contra o tempo, sem abrir mão da qualidade do produto final. O caminho que as frutas e verduras percorrem até chegar às prateleiras dos supermercados pode ser longo, e quem chega primeiro pode ser melhor remunerado. O engenheiro agrônomo Marcelo Guedes Paranhos, que atua na área de pesquisa e consultoria da Nutriceler, explica que para ganhar tempo, é comum que os produtores adotem técnicas de maturação.

 

Marcelo afirma ainda que o etileno é um hormônio que, ao final do ciclo da planta, protagoniza o processo de maturação e colabora para a coloração dos frutos. “A planta precisa ter a produção do etileno estimulada para intensificar e uniformizar sua coloração e fechar o ciclo de maturação da fruta”, resume o pesquisador. Marcelo conta que para suprir essa demanda, a aplicação de etileno na forma sintética é uma das práticas mais tradicionais e usuais de promover a coloração e maturação, assim como uniformização e antecipação da colheita. “Apesar dos resultados, o etileno sintético pode oferecer riscos à saúde humana, causa amolecimento dos frutos e diminui o tempo de prateleira. Outro detalhe muito importante para quem vai exportar é que ele deixa resíduos nas frutas, o que pode ser um limitante neste mercado”, alerta Marcelo.

Uma alternativa aos danos causados pelo etileno artificial já está sendo utilizada por produtores do Vale do São Francisco, região brasileira com produção expressiva de uvas tipo exportação. “Estamos com áreas sendo tratadas com o fertilizante Matur-Up, inovação trazida ao Brasil pela Nutriceler. Os resultados são visíveis e estão agradando os produtores, que querem novidades menos agressivas e eficientes”, diz. A formulação de Matur-Up conta com compostos orgânicos e tem como base a combinação de potássio, nitrogênio, boro e ferro, associados ao aminoácido metionina. “O produto estimula a planta a produzir o etileno de forma natural, sem deixar resíduos e danificar a planta e sem agredir a saúde do trabalhador”, acrescenta.

Ainda de acordo com o pesquisador, o mercado de frutas, principalmente o de exportação, está cada vez mais restrito e exigente, barrando a entrada de produtos que apresentem resíduos químicos. “A realidade está mudando e o agricultor que quer acompanhar o mercado precisa se atualizar e trocar o tradicional pelo sustentável”, comenta Marcelo.

Para potencializar os resultados, os produtores nordestinos de uva estão realizando as aplicações do Matur-Up juntamente com o Metalosate Potássio, fertilizante de rápida absorção e metabolização. “A tecnologia Metalosate reforça o manejo com sua rápida absorção e metabolização, realizada em poucos minutos pela planta. Os nutrientes são quelatados por aminoácidos, e é esse o grande diferencial que agrega tantos resultados”, finaliza.

Matur-Up – O produto de origem italiana chegou ao Brasil através da Nutriceler e se destaca por ser um fertilizante especial elaborado com matérias-primas orgânicas, à base de ervas e extratos hidrolisados de proteínas de origem vegetal, óleos essenciais, entre outros elementos naturais, que associados às suas garantias nutricionais promovem maturação dos frutos de maneira natural sem deixar resíduos.




Publicado em 28/09/2015

Fertilizante enriquecido com o aminoácido metionina induz maturação natural de frutas sem deixar resíduos e dispensa o uso de produtos tóxicos e agressivos