• +55 15 3524 9494 contato@nutriceler.com.br

O Senhor é a minha força e o meu cântico, porque ele me salvou. (Sl 118:14)

#Inovacaoetecnologia

Fertilização fluida traz novas perspectivas para sojicultores brasileiros

Tecnologia Nutriceler apresenta bons resultados e agricultores planejam aumentar investimentos em inovação para a próxima safra

Em Taquarituba (SP) o agricultor Edgard Fantinatti, da Fazenda Cerrado, já comemora os primeiros resultados da fertilização fluida via sulco de plantio da soja. A área tratada com a tecnologia Nutriceler apresentou rápido desenvolvimento, com plantas bem formadas e definidas, com parte aérea bem avançada, raízes bem noduladas e com bom pegamento de flores.

Edgard afirma que procurou a tecnologia Nutriceler com a intenção de obter bons rendimentos com a soja simplificando o manejo e aproveitando melhor a mão-de-obra e a utilização dos maquinários. “Essa foi a melhor tecnologia que encontrei em se tratando de praticidade. O trabalho que eu faria em três dias, fiz em dois. Além disso, a soja está respondendo muito bem, está bonita e muito bem desenvolvida”, diz o agricultor.

De acordo com o engenheiro agrônomo Leonardo Brisola Rodrigues, que está acompanhando o desenvolvimento da lavoura de Fantinatti, antes do manejo, foi feito uma análise bem criteriosa do solo para estabelecer uma estratégia específica para a área. O mix de fertilizantes que faz parte do manejo é responsável por suprir a lavoura com importantes nutrientes, como nitrogênio, fósforo e potássio, além de substâncias húmicas e fúlvicas, extratos de algas e aminoácidos.

O diretor técnico da Nutriceler, o engenheiro agrônomo Nelson Schreiner Junior, explica que a alta tecnologia dos produtos que compõe o manejo tem animado agricultores de todo Brasil. “Conseguimos reunir praticidade e eficiência em um só processo. O agricultor moderno está em busca de ferramentas e soluções que o ajudem a produzir mais de forma mais simplificada. Já temos agricultores em todas as regiões produtoras de grãos do país que podem confirmar a legitimidade da nossa tecnologia, que responde muito bem à diversidade de solos e climas que temos”, diz Schreiner.

No Rio Grande do Sul, no município de Camaquã, o agricultor Frederico Bartz Menezes também utilizou a adubação fluída em sua lavoura. Ele afirma que os primeiros resultados já mostram que a tecnologia potencializou o desenvolvimento dos grãos. “A Nutriceler trouxe produtos bastante diferenciados dos que eu já utilizei até agora, principalmente em se tratando de eficiência nutricional e praticidade de aplicação”, comenta Bartz.

Otimista, o agricultor já faz planos de aumentar os investimentos em tecnologia na próxima safra de soja e também em outras culturas. “Espero obter resultados positivos, que confirmem a decisão de apostar nesta tecnologia de ponta. Minha meta é aumentar os investimentos para o próximo ano e também realizar uma área experimental com arroz irrigado. Aos poucos vou mudando o manejo. Meu objetivo é buscar ferramentas que proporcionem maior produtividade e rentabilidade”, diz o agricultor.

O técnico que acompanha as lavouras de Bartz, Douglas Osterberg, da empresa Dagrama, afirma que a tecnologia de fertilização fluida é uma solução nutricional que se adequa às realidades de todas as regiões produtoras de grãos do Brasil. “Estamos conseguindo comprovar que a tecnologia de adubação fluída surge como uma ferramenta que poderá elevar a produção de grãos a um novo patamar. Nas áreas de várzea do sul do Rio Grande do Sul, temos dificuldades imensas em trabalhar com fontes tradicionais de fósforo e potássio, sendo a forma fluída destes elementos uma das alternativas mais interessantes ofertadas no mercado nos últimos anos”, destaca.

Douglas aponta ainda as vantagens da forma como os nutrientes são apresentados nas fórmulas. “A tecnologia permite que as formulações não interfiram no pH do microambiente radicular da soja, potencializando a formação de raízes mais vigorosas e podendo nos proporcionar grandes resultados. As áreas de lavouras que receberam o tratamento com a tecnologia Nutriceler demonstram grande diferença de estrutura radicular. É visível a abundância e o vigor de nodulação precoce, devido a presença das substâncias húmicas e fúlvicas, mesmo com as plantas em estádio fenológico V1/V2. A expectativa são as melhores e estamos prevendo bons resultados na safra 2016/2017”, diz.

Os bons resultados da tecnologia também estão sendo observados na Fazenda Metamac, em Nova Mutum, município de grande expressão agrícola do Mato Grosso. O agricultor Sebastião Tomáz dos Santos foi atraído pela rapidez de plantio que a tecnologia Nutriceler proporciona. “No meu caso, a redução do volume de adubo utilizado foi de 50% menor em relação ao manejo tradicional, o que nos facilitou muito a operação como um todo na hora de plantar. Não tem comparação com as outras tecnologias que conheço”, afirma o sojicultor que realizou o plantio com 50% de adubos sólidos e 50% com a tecnologia Nutriceler. Sebastião também segue otimista aguardando a colheita e espera bons rendimentos dos grãos. “Já consigo ver que os grãos estão se formando bem e em boa quantidade. Só posso esperar uma boa safra”, finaliza o agricultor.




Publicado em 20/12/2016

Tecnologia Nutriceler apresenta bons resultados e agricultores planejam aumentar investimentos em inovação para a próxima safra